OS DIFERENTES CARBOIDRATOS DE GLUCERNA SR


Glucerna Carboidratos


Os carboidratos são a nossa principal fonte de energia. Quando absorvidos, liberam glicose, fornecendo energia para as células.3  Eles podem ser lentos ou rápidos; os lentos fornecem ao corpo um fluxo constante de energia, promovendo um baixo índice glicêmico, e por isso são mais recomendáveis. Já os rápidos liberam rapidamente a glicose para a corrente sanguínea, causando picos glicêmicos.8

CARBOIDRATO DE LENTA ABSORÇÃO

O carboidrato de lenta absorção promove uma digestão e absorção mais lenta de glicose1,4,5, contribuindo para a redução dos picos glicêmicos2. Essa absorção mais lenta confere um menor índice glicêmico ao produto, e, consequentemente, contribui para a saciedade.6,7

MALTITOL

O maltitol é um carboidrato utilizado para adoçar, podendo substituir a sacarose, porém, com conteúdo de calorias mais baixo que outros carboidratos (aproximadamente 2 calorias/grama ao invés de 4 calorias/grama). Devido à sua absorção mais lenta e parcial, o maltitol não eleva os níveis de glicose no sangue.8,9

FRUTO-OLIGOSSACARÍDEOS

São fibras com ação prebiótica, ou seja, estimulam o crescimento seletivo de bactérias benéficas no intestino. Entre os inúmeros efeitos para a saúde, destaca-se a manutenção da flora intestinal.10

1. Jenkins DJ, Taylor RH, Wolever TM. The diabetic diet, dietary carbohydrate and differences in digestibility  Diabetologia. 1982;23:477-484. 2. Stenvers DJ, Schouten LJ, Jurgens J, Endert E, Kalsbeek A, Fliers E, et al. Breakfast replacement with a low-glycemic response liquid formula in patients with type 2 diabetes: a randomised clinical trial. Br J Nutr. 2014;112(4):504-12. 3. Waitzberg DL. Nutrição oral, enteral e parenteral na prática clínica, 2009. Ed.4. Atheneu. 4. Fibersol-2: A soluble, non-digestible, starch-derived dietary fibre. In: McCleary B, Prosky. L, edsAdvanced Dietary Fibre Technology. Oxford, UK: Blackwell Science; 2001:509-523.  5. Tokunaga K, Matsuoka A. Effect of a [FOSHU] which contains indigestible dextrin as an effective ingredient on glucose and lipid metabolism. J Japanese Diabetes Soc.1999;42:61-65. 6. Tatti P, di Mauro P, Pipicelli M et al. Effects of a low calorie high nutritional value formula on weight loss in type 2 diabetes mellitus. Mediterr J Nutr Metab. 010; 3: 65-69.  7. Kaur et al. The impact of a low glycemic index (GI) breakfast and snack on daily blood glucose profiles and food intake in young Chinese adult males. Journal of Clinical & Translational Endocrinology 2 (2015) 92e98.  8. . Thabuis et al. Evaluation of glycemic and in.su.lin.emic responses of maltitol in Indian healthy volunteers. Int J Diabetes Dev Ctries (October–December 2015) 35(4):482–487. 9. Respondek et al. Digestive tolerance and postprandial glycaemic and in.su.lin.aemic responses after consumption of dairy desserts containing maltitol and fructo-oligosaccharides in adults. European Journal of Clinical Nutrition (2014) 68, 575–580. 10. Meyer D and Stasse-Wolthuis M. The bifidogenic effect of inulin and oligofructose and its consequences for gut health. European Journal of Clinical Nutrition (2009) 63, 1277–1289. 11. Manual de nutrição para pessoas com diabetes. Departamento de Nutrição e Metabologia da SBD São Paulo 2009.

 

GLUCERNA VOCÊ NO CONTROLE DO DIABETES*1,2

Últimas Noticias

Mude seus hábitos e melhore sua alimentação385x300

Assuma o controle: mude seus hábitos e melhore sua alimentação

Cansado dos mesmos alimentos? Aqui, mostramos novas opções de alimentos que ajudarão você a melhorar seus níveis de açúcar no sangue.

02 - Riscos com o Sobrepeso385x300

Riscos com o sobrepeso

Estar acima do peso aumenta o risco de diabetes tipo 2, doenças cardíacas e derrames. Controlá-lo ajudará a evitar esses problemas.

03 - Uma vida ativa385x300

Uma vida ativa

Você já tentou se exercitar, mas não consegue criar um hábito? Você pode revisar essas dicas. Os benefícios valem a pena.